Dicas da Klamt

Klamt Joalheiros - 2016, Av. Tiradentes, 3013, Umuarama - PR, 87505-090
Telefone: (44) 3624-7007 Email: klamt@klamt.com.br

Dicas e Perguntas Frequentes


Como cuidar de suas Semijóias ou Folheados

As semijoias, ou, popularmente, folheados, são metais comuns que recebem vários banhos de metal nobre, como ouro e prata, além de passar por tratamento antialérgico.

Como limpá-las?

Para limpar suas semijoias, o ideal é usar um pano seco ou, no máximo, pano úmido.

Dicas e cuidados extras com suas semijoias para preservar a durabilidade:

Fique longe de produtos químicos e preserve suas semijoias!
Retire-as sempre antes de entrar no banho ou lavar suas mãos, pois o sabonete e o shampoo podem tirar o brilho;
Coloque-as após 15 minutos se usar creme ou perfume, após a pele ficar seca;
Evite segurá-la pelas pedras (caso tenha), pois podem acabar se soltando facilmente;
Não é recomendável polir as semijoias em casa, pois pode denegrir o metal – assim como não é recomendável a utilização de materiais abrasivos para tal;
Se for entrar no mar o piscina, sempre retire as peças. O cloro e o sal danificam os metais;
Caso vá realizar serviços domésticos e utilizar produtos químicos, retire os anéis e outros acessórios que possam entrar em contato.
Mantenha suas semijoias longe de produtos químicos, como cosméticos e produtos de limpeza.

HISTÓRIA E ORIGEM DAS ALIANÇAS

HISTÓRIA E ORIGEM DAS ALIANÇAS

 

Muito se fala a respeito do papel das alianças na união entre duas pessoas; no entanto, poucos sabem sobre a importância histórica dada a esse par precioso.

Acredita-se que as alianças surgiram entre gregos e romanos, provavelmente, vindo de um costume hindu que utilizava os anéis para simbolizar o casamento. Assim, por meio de um anel de forma circular - ou seja, sem começo nem fim - representa-se a o amor contínuo entre o casal.

A palavra aliança, por si só, significa um acordo, um pacto entre duas partes. No contexto do casamento, as alianças celebram um acordo de cumplicidade, amor e fidelidade. Dessa maneira, esse simples objeto ganha um significado muito simbólico: representa um elo material entre duas pessoas emocionalmente envolvidas, as quais compartilham sonhos, alegrias e até mesmo os percalços da vida cotidiana.

Um dos mais famosos e antigos casos da utilização das alianças ocorreu em 1477, quando o Arquiduque Maxiliano, da Áustria, presenteou Mary Burgundy com um anel de diamante. Assim, iniciou-se a tradição dos anéis de noivado; sobretudo, daqueles com brilhante. O diamante das alianças passou a representar a solidez do relacionamento, isso porque, a valiosa gema é imperecível e extremamente resistente.  Alguns gregos acreditavam que os diamantes eram estilhaços de estrelas que chegaram a Terra; outros, porém, criam até mesmo que essas pedras preciosas eram lágrimas dos deuses do Olimpo.

Seja qual for a crença, nota-se que as alianças desempenham, nas mais diversas culturas, a importante função de simbolizar a união entre um casal. Tamanha responsabilidade exige que se escolha com cuidado o par que acompanhará os noivos nessa nova fase de suas vidas. 

TIPOS DE ALIANÇAS

Aliança de compromisso – é um anel de prata utilizado por namorados no Brasil para demonstrar fidelidade e seriedade do namoro. Demonstra que o namoro é sério, embora no momento ainda não tenham a intenção de se casar. É usada no dedo anelar da mão direita e, na ocasião do noivado, substituídas pelas alianças de noivado.

Aliança de noivado – o anel em ouro é o mesmo do casamento e significa apenas maturidade no relacionamento e algum compromisso e é definido como o anúncio público de que duas pessoas pensam casar-se.  Usa-se no dedo anelar da mão direita significando compromisso. Normalmente, não deve demorar mais que um ano, período importante porque para os noivos se conhecerem melhor e verem se realmente se ajustam. É um teste antes do passo final.

Aliança de Casamento – em ouro. No dia do casamento, o noivo leva as duas alianças com ele (já polidas e com a data do casamento gravada) e estas serão trocadas durante a cerimônia. Após a cerimônia o noivo e a noiva passarão a usar as alianças no dedo anelar da mão esquerda.

 

Como cuidar de suas Jóias

Para que elas durem bastante tempo (e, quem sabe, a vida toda), vamos dar algumas dicas importantes de como mantê-las intactas, ou ainda causar o menor dano possível.

Como limpar as suas joias?

Os diamantes e pedras preciosas, especificamente, costumam perder um pouco do brilho ao reter poluição e gordura corporal.
O indicado é que a limpeza seja feita com uma escovinha, sabão neutro e água morna.
Os diamantes podem perder o brilho com o acúmulo de poluição.

Atenção: é muito importante o uso do sabonete neutro, pois os produtos químicos presentes em sabonetes comuns podem até danificar as pedras com o tempo.

Mantenha suas joias com pedras preciosas guardadas na embalagem original para que elas não risquem umas às outras.

Já as joias de ouro devem ser mergulhadas em um recipiente com água e algumas gotas de amônia.
Fazendo isso, você devolve o brilho natural dela.

A prata é o metal mais fácil de limpar.
Você precisa apenas de um pano seco e limpo.

As pérolas são muito delicadas. Por isso, tome cuidado ao limpá-las.
Assim como as pedras preciosas, não utilize produtos químicos.. Sempre ao utilizá-las, passe um pano seco de algodão.
Dica: como são extremamente sensíveis a qualquer dano, procure sempre colocá-las por último, após se vestir, e sempre com a pele seca.

Dicas e cuidados extras com suas joias para preservar a durabilidade:

Guarde-as separadas umas das outras, em saquinhos de camurça, veludo, ou compartimentos separados;
Evite o calor excessivo sobre as peças;
Deixe suas joias longe de substâncias químicas, como cloro de piscina, cosméticos, produtos de limpeza etc.
As substâncias químicas podem danificar e alterar a cor das pedras.



 

Siga a Klamt no Facebook!